quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

GRAVURAS ANTIGAS - OLD MASTERS

 A GALERIA
"GRAVURAS ANTIGAS"

 
INSTALADA NA TV ARTPONTO É PIONEIRA NESTA ESPECIALIDADE, NO BRASIL.


LEMBRAMOS A FIGURA, SAUDOSA, DE STANISLAW HERSTAL, NOSSO MESTRE, QUE POR DIVERSAS VEZES ESTEVE PRESENTE EM NOSSO ESCRITÓRIO, NA ÉPOCA, POR VOLTA DE 1980, INSTALADO NA AVENIDA PAULISTA, PALESTRANDO SOBRE O ASSUNTO. ESTE FOI O VERDADEIRO PIONEIRO NESTA NOBRE ÁREA DO ANTIQUÁRIATO, QUANDO EXPOS PARA VENDA EM SUA LOJA, NA GALERIA METRÓPOLE EM SÃO PAULO, AS ANTIGAS GRAVURAS DA OBRA DE RUGENDAS.
CONVIDAMOS OS INTERNAUTAS, PREVILEGIADOS PARA CONHECEREM PARTE DE NOSSO ACERVO QUE JÁ ESTÁ CADASTRADO.
FICAMOS TAMBÉM AO DISPOR DE TODOS QUE PRECISAREM DE INFORMAÇÕES SUPLEMENTARES
,

PELO E.MAIL 
libanoatallah@terra.com.br



MESTRE DANIEL CHODOWIECKI


DANIEL CHODOWIECKI

Famoso gravador alemão trabalhou em sua terra natal e em Paris, na segunda metade do século XVIII, executou mais de dois mil trabalhos, na sua grande maioria como ilustrador. Ver mais informações na obra de Arthur M. Hind, "A History Of Engraving E Etching". Esta série de quatro gravuras, com as margens, medem 20X14 cm, contando as margens. 
 pv.600
Visitantes49973MESTRE DANIEL CHODOWIECKI
ARTPONTO


DANIEL CHODOWIECKI

Famoso gravador alemão trabalhou em sua terra natal e em Paris, na segunda metade do século XVIII, executou mais de dois mil trabalhos, na sua grande maioria como ilustrador. Esta série de seis mede cada peça 11X19,7 cm. Ver mais informações na obra de Arthur M. Hind, "A History Of Engraving E Etching".  
pv. 400
Visitantes49973MESTRE DANIEL CHODOWIECKI
ARTPONTO


DANIEL CHODOWIECKI

Famoso gravador alemão trabalhou em sua terra natal e em Paris, na segunda metade do século XVIII, executou mais de dois mil trabalhos, na sua grande maioria como ilustrador. Esta série com oito mede 11X7 cm. Ver mais informações na obra de Arthur M. Hind, "A History Of Engraving E Etching".  

    pv. 600
MESTRE DANIEL CHODOWIECKI


DANIEL CHODOWIECKI
      
Famoso gravador alemão trabalhou em sua terra natal e em Paris, na segunda metade do século XVIII, executou mais de dois mil trabalhos, na sua grande maioria como ilustrador. Medida: 18X22,2cm, 16,5x10,2cm. Ver mais informações na obra de Arthur M. Hind, "A History Of Engraving E Etching". 
pv. 400

MESTRE DANIEL CHODOWIECKI


"CAMILE"
DANIEL CHODOWIECKI

 Famoso gravador alemão trabalhou em sua terra natal e em Paris, na segunda metade do século XVIII, executou mais de dois mil trabalhos, na sua grande maioria como ilustrador. Ver mais informações na obra de Arthur M. Hind, "A History Of Engraving E Etching". Esta série de completa com 12 gravuras mede: 10X5,4 cm, sem as margens. 

PV.1000
MESTRE. BERGLER


BERGLER

Bela gravura representando Nosso Senhor recebendo cálice do Anjo antes de ser preso pelos romanos. Século XIX, 1809. Com as margens completas. Mede: 40X26 cm. A partir das margens.
  pv. 300
MESTRE. CORN GLAS LOPES


CORN GLAS LOPES

Deste gravador, não temos ainda nenhuma informação.
Estamos apenas repassando conforme o colecionador, de quem adquirimos a peça, nos adiantou. Mede 14,5X20 cm, sem margens.   pv. 500
MESTRE. CORN. GALLE II
CORN GLAS LOPES

MESTRE. CROLE DE GUIDE
ARTPONTO


CROLE DE GUIDE

Deste gravador renascentista, não temos ainda nenhuma informação.
Estamos apenas repassando conforme o colecionador, de quem adquirimos a peça, nos adiantou. Mede 9,8x7,7 cm, sem margens. 
 pv. 2000
VMESTRE. DANIEL CHODOWIECKI
ARTPONTO

DANIEL CHODOWIECKI

Famoso gravador alemão trabalhou em sua terra natal e em Paris, na segunda metade do século XVIII, executou mais de dois mil trabalhos, na sua grande maioria como ilustrador. Ver mais informações na obra de Arthur M. Hind, "A History Of Engraving E Etching". Esta série de quatro gravuras, com as margens, medem: 12x9cm, 12x8,5cm, 14,4x18,5cm e 12,8x18,3cm, contando as margens.
  pv.600
MESTRE. DANIEL CHODOWIECKI
ARTPONTO


DANIEL CHODOWIECKI
      
Famoso gravador alemão trabalhou em sua terra natal e em Paris, na segunda metade do século XVIII, executou mais de dois mil trabalhos, na sua grande maioria como ilustrador. Medida 10,3X6,7 cm. Ver mais informações na obra de Arthur M. Hind, "A History Of Engraving E Etching". 
pv. 400
MESTRE. DESCONHECIDO
ARTPONTO


"NATIVIDADE"

Gravura com tema sacro, sem autor, pouca margem. Impressa no século XVII (final). Mede: 24,5x19 cm a partir das margens. Raridade.

 pv. 400

MESTRE. DESCONHECIDO


"PAIZAGEM COM MUSICO"

Água forte original do século XVII, Não conseguimos informação sobre o autor até o presente momento. A gravura não tem as margens. Mede:14,5x19,5 cm.  
pv.200

MESTRE. FLAMINIO TORRE

FLAMINIO TORRE
Deste gravador renascentista, não temos ainda nenhuma informação.
Estamos apenas repassando conforme o colecionador, de quem adquirimos a peça, nos adiantou. Mede 9,8x7,7 cm, sem margens.  
pv. 500
MESTRE. E.DEIS
XILO ORIGINAL SÉCULO XIX
E. DEIS

Obra executada por E. Deis magistral gravador de Stuttgard que viveu no século XIX, obra copiada de Dürer, porem em menor tamanho, datada 1894. Xilografia autentica. FORMATO: 12,5x9,7 cm.
Pv. 300

___________________________________________________



MESTRE. FRANCESCO BARTOLLOZZI
GRAVURA EM COBRE SÉCULO XIX

FRANCESCO BARTOLOZZI

1727 - 1815
Um dos maiores gravadores de todos os tempos, trabalhou em Florência, Veneza, Roma, Londres e Lisboa. Autor de vastíssima obra, inovou na maneira de gravar sobre metal. É apreciado pelos colecionadores. Esta série de ilustrações foi feita no inicio do século XIX para a Bíblia Sagrada e foi muito copiada inclusive por Manuel Da Costa Ataíde. Medidas: 31,5x22,5 cm.
Pv. 400
MESTRE. FRANCESCO BARTOLLOZZI
GRAVURA EM COBRE SÉCULO XIX

FRANCESCO BARTOLOZZI

1727 - 1815
Um dos maiores gravadores de todos os tempos, trabalhou em Florência, Veneza, Roma, Londres e Lisboa. Autor de vastíssima obra, inovou na maneira de gravar sobre metal. É apreciado pelos colecionadores. Esta série de ilustrações foi feita no inicio do século XIX para a Bíblia Sagrada e foi muito copiada inclusive por Manuel Da Costa Ataíde. Medidas: 31,5x22,5 cm.

Pv. 400



MESTRE. FRANCESCO BARTOLLOZZI
GRAVURA EM COBRE SÉCULO XIX

MESTRE. FRANCESCO BARTOLLOZZI
GRAVURA EM COBRE SÉCULO XIX


MESTRE. FRANCESCO BARTOLLOZZI
GRAVURA EM COBRE SÉCULO XIX


MESTRE. FRANCESCO BARTOLLOZZI
GRAVURA EM COBRE SÉCULO XIX

MESTRE. FRANCESCO BARTOLLOZZI
GRAVURA EM COBRE SÉCULO XIX

MESTRE. FRANCESCO BARTOLLOZZI
GRAVURA EM COBRE SÉCULO XIX

MESTRE. FRANCESCO BARTOLLOZZI
GRAVURA EM COBRE SÉCULO XIX 

PV 400
 ___________________________________________________


MESTRE. HOKSAI
SAMURAI - PAR

HOKSAI

Xilografia japonesa, ukio-ê. Século XIX impresso no Japão. Medidas: 22x17,5 cm com as margens integras.  
PV.1500

_______________________________________________

HONORÉ DAUMIER



Um dos maiores artistas da França no século XIX. Entre os realistas era o mais audaz e inovador. Trabalhou como litógrafo para o Jornal Lê Charivari. Onde completou várias séries de gravuras. Actualités é uma das mais famosas. Medidas: 25,5x33,5 cm, com as margens completas.

MESTRE. HONORÉ DAUMIER
LITHOGRAFIA SÉCULO XIX
 pv.400

 _______________________________________________


JACOB BINCK

Autor renascentista discípulo de Dürer e Hans Sebald Beham, muitas vezes os copiou, fazia parte do grupo Little Masters junto com Hans Brosamer, o melhor de sua obra está entre 1537 e 1555. 
 pv. 1000
MESTRE. JACQUES CALLOT
ARTPONTO



JACQUES CALLOT

Gravador que viveu entre 1592 e 1635. Trabalhou em Nancy, Roma, Florência, Bruxelas e Paris. Exímio aguafortista, sua obra é cobiçada pelos colecionadores de todo mundo, adotou uma temática social e foi muito influente entre seus colegas, até mesmo Goya se deixou inspirar por ele. Estas miniaturas em série completa medem 6,4x8,3 cm. Estão sem as margens. 


Callots ets behoort tot een serie bedelaarsprenten (Les Gueux). Deze reeks heeft veel kunstenaars geïnspireerd. We zien dat de figuur tegen een lege achtergrond is afgebeeld. De bedelaar draagt gescheurde kleren en geen schoenen. Hij lijkt iets te roepen, terwijl hij zijn hand ophoudt om een geldstuk te krijgen.

Jacques Callot, Staande bedelaar, ca. 1622
Ets, 13,7 x 8,2 cm
Museum het Rembrandthuis


MESTRE. JOHANN ELIAS RIDINGER
ARTPONTO

JOHANN ELIAS RIDINGER.

1698 - 1766
Grande gravador foi discípulo de G.P. Rugendas produziu grande quantidade de mezzotints em Augsbourg. Cenas de animais e campestres. Medidas: 26x26 cm.  
pv.700

___________________________________________________


MESTRE. LE BANQUIER HOLLANDOIS
REMBRANDT 1639. JACQUES PHILIPPE LE BAS SC.
"LE BANQUIER HOLLANDOIS"
JACQUES PHILIPPE LE BAS

Autor gravador que viveu entre l707 e l783, trabalhou em Paris e foi gravador oficial do Rei.
Esta gravura tendo como tema obra de Rembrandt esta com boa margem e em bom estado medindo 31,5X26 cm, contando com a margem. O papel está amarelado porem não foi limpo ainda. 

pv.500

 ___________________________________________________


MESTRE. LUCAS VAN LEYDEN
ARTPONTO

LUCAS HUYGENSZ VAN LEYDEN

Importante artista nascido em Antwerp, no ano de l494, viveu até 1533. Influenciado por Dürer e Schongauer, produziu uma vastíssima obra. Mede: 11,5x7,2 cm, sem as margens.
  
pv. 1500

___________________________________________________

MESTRE. MARTIN SCHONGAUER
ARTPONTO

MARTIN SCHONGAUER

Importante gravador alemão, nasceu em Colmar, viveu entre 1440 e 1491, chegou a inspirar através de uma de suas cópias, Michelangelo. Também recebeu e orientou Dürer. Influenciou boa parte dos gravadores de sua época.
Xilografia, mede: 12x15,7 cm, sem as margens.  
pv. 2000
MESTRE. SIMON LEMPEREUR
ARTPONTO


LOUIS SIMON LEMPEREUR
1728 - 1808

Gravador do Rei. Trabalhou em Paris na mesma época que Flipart.
Esta gravura ainda com pouca margem mede: 33x38,8 cm.
MESTRE. SIMON LEMPEREUR
ARTPONTO

LOUIS SIMON LEMPEREUR
1728 - 1808

Gravador do Rei. Trabalhou em Paris na mesma época que Flipart.
Esta gravura ainda com pouca margem mede: 33x38,8 cm.
   pv. 750
MESTRE. V. FOULQUIER
ARTPONTO

"PERSONAGEM" 
Personagem desconhecido, gravado por V. Foulquier, em belíssima água forte sobre papel da China. Gravura com as margens integras. Século XIX.   
 pv. 100
PEROU - MARCHÉ DE PAYTA - PÉROU
LEMECIER DE PARIS


___________________________________________________
 

Le Conte DE HAYNAUTMORTIER, Pierre (1661-1711)Amsterdam: Mortier, 1693. Cobre-gravado mapa, com a cor original completo e enfeites de ouro.François Le Neptune, uma coleção luxuosa de cartas produzido colaborativamente por Sanson e Mortier Pierre.Mapa antigo publicado conforme a especificações acima, final do século XVII em Amsterdã.60x96 
___________________________________________________

PÉROU
MARCHÉ DE PAYTA
LITHO ORIGINAL DE LEMECIER
FORMATO 32X49 CM. PRETO E BRANCO COM MARGENS INTEGRAS
DISSINÉ PAR LAUVERGNE
Vaillant, August Nicolas. Voyage autour du monde: exécuté pendant les années 1836 et 1837 sur la corvette La Bonite, commandée par M. Vaillant, capitaine de vaisseau, publié par ordre du roi? Paris: Arthus Bertrand, 1840-66.
PL: 36

PV.1000

PETIT MOULIN ASUCRE PORTATIF
JEAN BAPTISTE DEBRET
 
Lithografia original de Thierry Frères, da edição original de Firmin Didot Frères.
Gravura em bom estado que preserva suas margens integras.
Século XIX
Formato 31x46 cm (com as margens)

JEAN BAPTISTE DEBRET


Pintor e desenhista francês que viveu no Brasil de 1816 a 1831.

Nasceu em Paris, em 18 de Abril de 1768 e morreu na mesma cidade em 11 de Junho de 1848.

Estudou na Academia de Belas Artes de Paris, tendo sido discípulo de Jacques-Louis David. Continuou os estudos na Escola de Pontes e Estradas concluindo-os na Escola Politécnica.
Estreou no Salão de 1798 com um quadro com figuras em tamanho natural, com o título "O General Messénio Atistómeno liberto por uma rapariga", que lhe valeu a conquista do segundo prémio. Devido a este sucesso foi encarregado de trabalhos de ornamentação em edifícios públicos e de particulares.
Integrou a Missão Artística Francesa ao Brasil, solicitada por D. João VI, organizada pelo marquês de Marialva, e dirigida por Debreton que chegou ao Rio de Janeiro em Março de 1816. No Brasil manteve-se até 1831, pintando e desenhando todos os grandes momentos que levaram à independência do Brasil, assim como os primeiros anos do governo do imperador D. Pedro I.
No Brasil pintou o retrato de D. João VI, de tamanho natural e com trajes majestáticos, assim como de outros membros da família real. Pintou também o desembarque da arquiduquesa Leopoldina, mulher de D. Pedro, e primeira imperatriz do Brasil.
Tendo recebido um atelier no novo edifício da Academia Imperial de Belas Artes do Rio de Janeiro, para aí poder pintar numa grande tela a coroação imperial, ocorrida em Dezembro de 1822, reuniu oito discípulos a quem deu aulas de pintura. Em 1820 foi nomeado professor de pintura histórica da Academia de Belas Artes, instituição que só em 1826 começou a sua atividade. Em 1829 organizou a primeira exposição artística do Brasil, ao apresentar os trabalhos dos seus discípulos. O sucesso do acontecimento valeu-lhe ser nomeado oficial da Ordem de Cristo.
Tendo regressado a França em 1831, sendo desde 1830 membro correspondente da Academia das Belas Artes do Instituto de França, publicou a partir de 1834 até 1839 uma numerosa série de gravuras na obra em 3 volumes intitulada Voyage pitoresque et historique au Brésil, ou Séjour d 'un artiste français au Brésil (Viagem pitoresca e histórica ao Brasil, ou Estadia de um artista francês no Brasil).
 


pv. 1250
___________________________________________________

REPRODUÇÃO - ARX NASSAU
ARNOLDUS MONTHANUS


John Ogilby, 1600-1676.
REPRODUÇÃO

Picturing seventeenth-century Brazil, III
"ARX NASSAU"
from his America: being the latest, and most accurate description of the New World; containing the original of the inhabitants,and the remarkable voyages thither.
London: Printed by the author, 1671. Large paper copy, from the Kendall Collection.
The Siara south along the Atlantic, was founded by the Portuguese in 1549. Ogilby 's America, both text and plates, was largely plagiarized from the work of Montanus the year before (see previous item), thus allowing display of a further Brazilian engraving of the period. Note: the best-known Ogilby engraving, Moxon 's "Lords Proprietors ' Map" of South Carolina, added the following year, with no equivalent in Montanus, is displayed on the wall to the far right, in connection with the showing of a recent (non-Brazilian) donation. 

ARX NASSAU
Gravura sobre cobre, REPRODUÇÃO DO original do século XVII do quadro de Franz Post, editada também por Arnoldus Monthanus em Amsterdã no ano 1671.
A peça foi lavada, mas está em perfeito estado inclusive mantém as margens originais, largas, conforme característica do editor.
A tiragem deste editor, Ogilby, de Londres, é menor que a de Arnoldus Monthanus de Amsterdã embora as edições são simultâneas.
Para comprá-la informe-se pelo fone 011 4651-4376 com Líbano Calil.
FORMATO: 39 X 47,5 CM
pv. 25

REPRODUÇÃO - BOA VISTA
ARNOLDUS MONTHANUS
REPRODUÇÃO - BRASÍLA DE MONTHANUS CÓPIA
ARTPONTO

REPRODUÇÃO - ITAMARACA
ARNOLDUS MONTHANUS


REPRODUÇAÕ - SALVADOR SÉCULO XVII
ARNOLDUS MONTHANUS




REPRODUÇÃO DE ANTIGO MAPA
ARTPONTO



Reprodução de antigo mapa, colorido com aquarela. Trabalho de edição executado por Líbano Montesanti Calil Atallah, proprietário da Livraria Calil Artes e Antiguidades a pedido da Cia. São Paulo de Petróleo em 1983. Em preto e branco sendo que vinte exemplares foram coloridos com aquarela pelo próprio editor.
Edição fora do comercio.
Publicado em papel verger creme fabricado por Karan Simão Racy.
Formato 32x39 cm

___________________________________________________



WOUVERMANS - VEJA NO DEPARTAMENTO - GALERIA - GRAVURAS ANTIGAS
ARTPONTO

SOBRE TODAS AS GRAVURAS AQUI EXPOSTAS, SOLICITAMOS AOS INTERESSADOS QUE ENVIEM 
E.MAIL PARA
libannoatallah@terra.com.br